Granulado de madeira: como é feito?

Atualmente existem inúmeras marcas e tipos de areias sanitárias para gatos. Diante de tantos tipos como escolher a areia ideal? São muitas as dúvidas e cada uma delas possuem suas vantagens e desvantagens e sabe quem escolhe a melhor? o seu gatinho!! SIM, é ele quem vai determinar qual a melhor, porque por mais que uma areia seja melhor que a outra, se ele não gostar da que você acha ser a melhor, nada vai adiantar.

Mas então isso quer dizer que você pode oferece qualquer uma à ele? Não, você pode descobrir as vantagens que atendam às suas necessidades e o seu estilo de vida e torcer para que ele se adapte à ela.

Existem muitos tipos e, falaremos de todos eles em outro post, nesse vamos falar em especial do granulado de madeira.

Como é feito o granulado de madeira?

Granulado de madeira é um tipo específico de sanitário atualmente utilizado por muitos tutores de gatos e roedores.

Ele é produzido a partir de um processo chamado peletização de um subproduto da madeira. . E quais são esses sub-produtos? Normalmente a matéria-prima utilizada é a maravalha, que é um pó gerado durante a etapa de beneficiamento da tora, que posteriormente será designada para outros fins como móveis, pallets ou biomassa. Por isso, é muito importante saber a procedência da madeira utilizada. Isso porque existem muitas marcas no mercado que utilizam maravalha proveniente da indústria moveleira, que já contém compostos químicos (fungicidas, cupinicidas ou cola) que podem afetar a saúde do seu bichinho, para produzir os pellets de madeira.

Além disso, a diferença de uma marca e outra de granulados se também pela qualidade da madeira utilizada. Algumas marcas utilizam madeira de procedência duvidosa que influencia tanto no rendimento do granulado, quanto na retenção de odores de xixi e coco.

Como funciona o granulado de madeira?

A madeira é um material higroscópico, ou seja, ela absorve instantaneamente os líquidos que são colocados em contato com ela. O xixi em contato com o granulado de madeira vira um pozinho, que você pode descartar no vaso sanitário, em jardins ou em lixo convencional. Já o coco fica sequinho e o próprio gatinho enterra, assim como ele enterraria em qualquer outro tipo de areia.

O legal é que o bichinho faz o xixi normalmente, como se fosse em qualquer tipo de areia sanitária. A diferença é que é um produto biodegradável e sustentável.

Tão importante quanto a ração que você dá para seu bichinho, é a procedência do granulado de madeira, afinal não queremos que nossos bichinhos fiquem doentes não é mesmo?

Deixe uma resposta

Fechar Menu